Cordel do Amor Sem Fim, Trupe Sinhá Zózima

cordel_sinhaO espaço cênico está só em espaços físicos estáticos? Se no mundo contemporâneo precisamos sempre nos locomover de um ponto a outro, seria o espaço cênico capaz de acompanhar essa dinâmica?

Resposta: Sim!

A Trupe Sinhá Zózima, apostou num espaço cênico “alternativo”, que está presente constantemente em nossas vidas e que nos leva de um lugar a outro: o ônibus. Através de pesquisa sobre o espaço cênico chegaram ao ônibus, onde fazem duas montagem Valsa nº6 e Cordel do Amor Sem Fim.

Uma história de amor e ilusão, dentro de uma realidade as margens do rio São Francisco. Três irmãs que moram em uma pequena cidade ao redor do rio, contam uma história de amor ou amores. A irmã menor está pronta para se casar, porém numa simples saída para comprar algo para janta, conhece o seu grande amor. Um forasteiro que promete voltar para casar-se com ela. Esse é o ponto de partida do enredo. A menina desiste do casamento e passa a esperar o “grande amor”, todos os dias vai ao cais esperar, esperar e esperar. As outras duas irmãs entram em conflito questionando a loucura de sua irmã ou se é fé em esperar. Enquanto o ex-noivo, entra numa loucura obsessiva com a menina.

Toda a história é narrada com fundo de moda de viola, ao vivo, que traz más o clima do interior deste pais.

Os atores utilizam esse espaço do ônibus perfeitamente, transitando por ele da mesma maneira que se estivessem em um palco de arena ou italiano. Alem de utilizarem perfeitamente as possibilidades que o transporte oferecem, uma delas: interagir com as pessoas que estão nas ruas por onde passam.

O final da peça? Não é feliz é realista. Obvio, que não contarei, fiquem atentos as apresentações da Trupe Sinhá Zózima, vale muito assistir!

Besitos, Soleil!

Momento Musical

No que assistia a peça, imaginando a menina esperando seu amado no cais, lembrei da musica do grupo mexicano Maná: Muelle de San Blas; que trata exatamente de uma história parecida ou idêntica a essa.


Anúncios

1 Response to “Cordel do Amor Sem Fim, Trupe Sinhá Zózima”


  1. 1 Anderson Mauricio outubro 14, 2009 às 2:10 am

    Olá!!!
    Quero agradecer em nome da Trupe pelas palavras, e dizer que estaremos em cartaz no TUSP no mês de outubro e novembro.
    Um grande abraço!!!


Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s




¡Filosofia Soleil!

Just Looking

Houve um erro ao recuperar imagens do Instagram. Uma tentativa será refeita em poucos minutos.

Twito Logo existo


%d blogueiros gostam disto: