“Guerras Necessárias” é o que diz o Nobel da Paz 2009.

Quais são os critérios decisivos para a escolha do vencedor do prêmio Nobel da Paz? O mínimo seria algum feito em pró da pacificação, qualquer ação para a  redução da miséria, certo? Não sei responder. Porquê?

Ontem o presidente dos EUA, Barack Obama, recebeu o prêmio Nobel da Paz. A pergunta que muitos fizeram foi: Que ação pacificadora ele teve? A resposta ninguém sabe. Até alguns meses atrás o único que Obama fez, foi assumir o cargo de presidência de uma potencia mundial com uma economia historicamente bélica. Sim, bélica, afinal para a terra do “Tio Sam” estimular guerras é fazer a indústria bélica do país produzir mais, consequentemente crescer. Bom, Obama, além de assumir, deu esperança ao povo de seu país como, também, fez promessas visando a paz, fim de conflitos, etc.

Nenhum feito real em pró a Paz mundial.

Agora a parte irônica do Nobel da Paz. Na mesma semana, dia, momento, enfim, que Obama recebia o prêmio pelo potencial de pacificador que ele representa. O mundo era informado que 30 mil soldados da terra do “Tio Sam”  vão para o Afeganistão. E escutamos do Nobel da Paz de 2009 as seguintes palavras: “guerras necessárias”

Momento Van Filosofia

Cada vez me enojo mais com certas atitudes. Realmente o ser humano é frustrante, algumas vezes.

Anúncios

0 Responses to ““Guerras Necessárias” é o que diz o Nobel da Paz 2009.”



  1. Deixe um comentário

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s




¡Filosofia Soleil!

Just Looking

Houve um erro ao recuperar imagens do Instagram. Uma tentativa será refeita em poucos minutos.

Twito Logo existo


%d blogueiros gostam disto: