Alan Paul e a frase de Imaginação/Imagem.

Há uma semana assisti a uma entrevista com Alan Pauls, escritor da nova leva da literatura Latino Americana e da Argentina.

Alan Pauls é um escritor que tem uma narrativa deliciosa, com uma personalidade muito legal. Sabe aquele autor que é irônico, pois bem assim é como eu interpreto a Pauls. Uma das característica de Palus é mostrar como o povo argentino é dramático, como sempre há a sensação de que estão no limite. Não apenas na melancolia do tango, ele diz que até no futebol o argentino está no limite da emoção.

Essa coisa do limite da emoção, do drama a que Alan Pauls se refere no povo argentino, me fez pensar. O povo hispânico, seja argentino, chileno, mexicano, colombiano, independente do ponto geográfico tem na essência essa dramaticidade. E falo com conhecimento de causa, afinal sou chilena, cresci no Brasil entre vários latinos. E sempre vivenciei essa dramaticidade.

O que me prendeu à entrevista, alem de ser com um dos escritores que gosto de ler. É uma frase que Alan Pauls disse em relação quando uma ora literária vira filme:

“La imaginación no es una imagen. Si hay imagen no hay imaginación.”

Até agora estou com essa frase na cabeça. Que é um fato. Se você gera uma imagem e mostra essa imagem para alguém, esse alguém deixara de ter uma imaginação, porque recebeu uma informação visual pronta. Porém, para eleborar uma imagem eu preciso da imaginação. Todas vez que vou projetar uma ilustração, revista, embalagem, marca, o que for; eu preciso da minha imaginação para criar a imagem. Embora se eu dou um livro infantil ilustrado para uma criança, ela terá a imagem pronta, e não usará a imaginação para elaborar a história com as imagens que ela quer.

Ok! Estou há uma semana divagando sobre isso. O que é fato que ler um livro e imaginar as cenas acontecendo não é o mesmo que ver o livro na tela dos cinemas.

Momento Groupie
Dizem que se você toma um café com seu escritor favorito, você deixará de gostar dele. Mas eu tomaria um café fácil com: Nick Hornby, Oscar Wilde, Alan Pauls, entre vários…e creio que ainda continuaria lendo seus livros.

Anúncios

1 Response to “Alan Paul e a frase de Imaginação/Imagem.”


  1. 1 Lissa agosto 4, 2010 às 2:27 am

    Jo conozco la dramaticidad latina perfectamente.

    Perdoname el español tosco… jijiji

    (Achei mais dramático escrever no meu espanholês)


Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s




¡Filosofia Soleil!

Just Looking

Houve um erro ao recuperar imagens do Instagram. Uma tentativa será refeita em poucos minutos.

Twito Logo existo


%d blogueiros gostam disto: