Norah Jones, 15/11/2010 – Pq Independência

Tarde de sol outonal, em pleno novembro, em São Paulo. Nada melhor para o clima deste último domingo que uma bela trilha sonora com raiz no jazz. Com um cenário como o Parque da Independência, Norah Jones presenteou cerca de 20mil pessoas com um delicioso show.

A entrada do show foi uma total falta de informação. As pessoas se organizaram em uma gigantesca fila que rodeou o parque, porém no portão de entrada, essa fila se transformava em um aglomerado de pessoas. Fora isso, o resto correu civilizadamente.

Norah entrou no palco e foi ovacionada. Tocou guitarra, na maioria das músicas, das quais metade era do álbum The Fall e a outra metade era composta pelos antigos sucessos e algumas covers. A primeira música foi I wouldn´t need you. Chasing Pirates, animou o público. Os hits Come Away with me e Don´t Know why, esta uma das covers – a música é de Jesse Harris – foram esperada pelo público, logo nos primeiros acordes destas músicas se escutavam muitas palmas. As covers The Long Way Home (Tom Waits) e Cry Cry Cry (Johnny Cash) foram acompanhadas pelas palmas do público. O bis, foi sensacional. Ao melhor estilo banda de New Orleans, Norah Jones e seus músicos ficaramo todos juntos no centro do palco fazendo algo parecido a uma jam-session, tocando Sunrise,Creepin´In e How Many Times Are You Broken My Hearth.

O público paulistano ficou hipnotizado por cerca de 1h30 pela graça, simpatia e qualidade musical de Norah Jones e sua banda. Que não apenas brindaram aos que estavam no parque com um excelente show, como também as 18 mil pessoas que ficaram do lado de fora do parque e escutaram as músicas dedilhadas por esta pequena e grandiosa artista do que poderíamos chamar Jazz Pop.

Momento Bucólico
Faltou uma cesta de palha com pães e uma garrafa térmica com chá… Mas do modo que tinha gente lá, não existia espaço para toalha de pic-nic… rs

Anúncios

1 Response to “Norah Jones, 15/11/2010 – Pq Independência”


  1. 1 Lissa novembro 16, 2010 às 2:53 am

    peguei carrapato… quase tive um ataque epilético, mas a Sis me salvou. Essa coisa bucólica com grama/mato/insetos não é minha cara at all.


Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s




¡Filosofia Soleil!

Just Looking

Houve um erro ao recuperar imagens do Instagram. Uma tentativa será refeita em poucos minutos.

Twito Logo existo


%d blogueiros gostam disto: