On The Road

Abrir a mente, me desfazer da minha birra com a geração beatniks e com Jack Kerouack; e assistir o filme de modo imparcial. Esse foi o desafio com On The Road, do “Waltinho” como costumam chamar Walter Salles.

O livro, On The Road, é um marco pra “geração beat”, que uma história autobiográfica de Kerouack. Sim, ele mais um amigo saíram pela terra do tio Sam sem rumo, pelo simples prazer de ir, pra onde e porque não tenho a menor ideia e nem eles.

On The Road, o filme mostra exatamente isso. Sal e Dean saem vagando pelos Estados Unidos sem rumo e objetivo nenhum, com a companhia de Marylou, que é uma “amiga especial” de Dean. O filme básicamente mostra três jovens sem rumo e objetivo nenhum, além de ficar se drogando quase em tempo integral e fazendo sexo. Apenas Sal tem um objetivo, que é o de escrever um livro, o qual ele não tinha ideia de como começar, por isso foi viajar, ou seja, crise criativa.

O elenco tem como Sal, o ator britânico Sam Riley (conhecido por ter interpretado Ian Curtis em Control), Sam consegue interpretar bem, porém o sotaque britânico aparece várias vezes. A presença de Viggo Mortensen dá um “up” no elenco, ele faz um escritor bêbado e drogado que mora em New Orleans. E depois de assistir, entendi porque colocaram Kristen Stewart no elenco! Ela não faz nada além de ser a “amiga especial” de Dean, ou seja, apenas cenas de sexo.

A melhor parte do filme é a trilha sonora, uma bela coletânea do jazz, com sons bem da raiz desse estilo musical norte-americano. A fotografia é incrível, também. A edição do filme ficou com um ritmo lento, em alguns momentos cansa de tanta droga e sexo, fica repetitivo. Mas o livro é assim, disso não dá pra reclamar: o filme está fiel ao livro. Só que o livro eu parei antes das 70 primeiras páginas… O filme fiquei até o final.

Momento Designer
Tive a leve sensação que Walter Sales ficou preso a estética/ linguagem de filme com viés documentário.

Momento Eu-Lírico
não consegui fazer amizade com Jean Kerouac. MUITA, mas MUITA preguiça dessa geração beatnick.

Anúncios

0 Responses to “On The Road”



  1. Deixe um comentário

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s




¡Filosofia Soleil!

Just Looking

Sobre sentir... #illustration #ilustracion #ilustracao #fellings #sentir Hoje é o aniversário da minha "vovis" brasileira, obvio q não de sangue mas de todo coração e alma! A pessoa q qdo finalmente saí do hospital, lá nos idos de 1979, foi me buscar junto com mamis e papis. É sempre teve uma paciência pra me aturar e com certeza posso dizer que a pessoa que tem todas minhas artes. Desenhos datados de 1980 e poucos. E hoje ele merecia que eu desenhasse a Nossa Senhora, Santa q ela é devota. Não manjo do paranawue santas, mas espero que ela goste. Todo meu amor por esta tia/vovis do ❤️ está em cada pincelada. #illustration #ilustracion #ilustracao #nossasenhora #santa Esas locas ganas de deslizar por el piano en un día de lluvia... #illustration #ilustracao #ilustracion #piano #music #umbrella #paragua #guardachuvas #jazz rabiscando e andando... #rough #boceto #rabisco #esboços mi yo-lirico #illustration #ilustracao #ilustracion #mounth #boca Colorindo a vida... ilustra q fiz para a @analianmp (retrato dela) #illustration #ilustracion #ilustracao Corazón #ilustracion #illustration #ilustracao #corazon #coração #heart #fridakahlo #ilustracion #illustration #ilustracao Ya viene ella... #ilustracion #ilustracao #illustration #rabisco #rough #boceto #fridakahlo

Twito Logo existo


%d blogueiros gostam disto: