“Vive como piensas, o terminaras pensando como vives”. Pepe Mujica, profissão ídolo.

cepal_2014_presidenta_michelle_bachelet_presidente_pepe_mujica_chile_uruguay_flickr

Obvio, que esse título ele vai odiara. Afinal Pepe Mujica não está procurando ser um ídolo, mas sim um ser humano que luta por uma igualdade. Uma igualdade que América Latina precisa lutar, uma igualdade que já vimos outros lutarem. Mas nunca como Pepe.

Um presidente eleito democraticamente na pequena República do Uruguai. Um homem simples, que se você colocar uma toquinha pontiaguda ele parece um gnomo (com todo respeito). Um presidente da República que abdicou de mil benefícios o que inclui a casa presidencial, na qual chegou abrigar sem tetos durante o inverno rigoroso de Montevideo. Usa o carrinho dele. Parte do salário é doado. E com uma mente política e social que há muito eu não via.

Sério! O Universo sabe o quanto eu queria o fim do mundo, porque a humanidade está tão escrota que eu não via outra solução. Nada melhor que um reset Universo!

Eis que surge Pepe Mujica, com um discurso político e humanizado. Um discurso que mostra a total rebeldia com a civilização. Sim! Isso mesmo, todas as questões que todos reivindicam tem uma raiz na civilização. Questões ecológicas não são meramente ecológicas são políticas. A Africa não é uma questão localizada, é de todos. Esse lance de ver o que é só seu e não enxergar o grande, o que não te faz esquecer de onde tu és. O fato de ver o mundo como um todo não vai anular jamais a América Latina, o seu país, a sua cidade ou seu bairro. Mas se o ser humano tiver a noção de que somos uma espécie e precisamos agir como tal, as coisas podem e devem mudar.

E que adianta um pensamento social se você acumula riqueza. Se você diz não ter dinheiro para alguém que tem fome? Que adianta um pensamento que não se vive.

Mujica foi aplaudido duas vezes durante sua estadia no Chile, para a posse da presidente Michelle Bachelet, uma em seu fantástico discurso na CEPAL e outra no Senado. É forte o que ele joga na cara de todos. E é intensa a paixão como ele fala e me dá esperança que a humanidade ainda consegue fazer algo do bom.

Momento Eu-Lírico
Cresci em uma família que para muitos é utópica, pois aprendi que todos somos iguais de fato. Homens e mulheres fazem tudo: cozinham, limpam, cuidam de crianças…se há necessidade de empregada, ela jamais é um pessoa invisível, ao contrário: ela é um membro da família, lembro que meus pais “obrigavam” elas a estudarem, até faziamos lição de casa todos juntos. Vivi e vivo em núcleo onde todos os amigos dos meus pais e boa parte dos parentes tem esse estilo de vida. Qual o problema? Nenhuma, de fato, seria divino que todos fossem assim. Só que todos os filhos desse núcleo tem um terrível problema de adaptação com a realidade…que é bem diferente.

Anúncios

0 Responses to ““Vive como piensas, o terminaras pensando como vives”. Pepe Mujica, profissão ídolo.”



  1. Deixe um comentário

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s




¡Filosofia Soleil!

Just Looking

Houve um erro ao recuperar imagens do Instagram. Uma tentativa será refeita em poucos minutos.

Twito Logo existo


%d blogueiros gostam disto: