História Social do Jazz, Eric J. Hobsbawm

Submarino_33918 Eu e meu vício de movimentos musicais, visuais, artísticos e sua relação com a história…Isso me fez dar um “presente de grego” para meu daddy. Este fantástico livro: História Social do Jazz, escrito pela pessoa que eu adoraria sentar para tomar um café: Eric J. Hobsbawm! Algum ser, em algum instante muito “idiota” disse: agora jazz será cult, elite e tals (e não foi o Ed Motta). Jazz não é elítico! E como prova tenho este livro do Hobsbawm. A história do jazz está intrinsicamente ligada a história das questões raciais no sul dos Estados Unidos. É um estilo musical que nasceu junto ao blues e sempre coexistiu/coexisti com milhões de vertentes: bebop, big bands, avant-garde… E que nesse processo gerou um estilo musical “para brancos” o Rock, afinal o jazz era música de negros e durante o período segregação as rádios não podiam transmitir o estilo musical. O livro conta toda esta história de revoluções sociais junto ao surgimento de ícones como Armstrong, Ella, Gillespie, Shepp, Coleman até Coltrane. A escrita de Hobsbawm é como se tu estivesse deitado no chão conversando por horas, com play em várias músicas e contando fatos sobre como elas surgiram, como aconteceu e o que esta acontecendo nessa época na sociedade. Sim! Tem uma lista gigante de músicas, algumas, principalmente da primeira parte do livro, difíceis ou impossíveis de encontrar. Este é um defeito do livro: podia vir com um cd com todas as faixas. Momento Designer CHATA Parem de elitizar o Jazz…dá pra deixar o jazz ser apenas jazz?  Momento EMO (Eu-lírico) Jazz pra mim tem uma relação emocional forte. Meu Tatá (carequinha da foto, a que tá no colo é minha hermanita) era músico e tinha uma banda de Jazz: Saint Luiz Jazz Band. Ele era trompetista, embora eu vi ele tocar todo e qualquer instrumento, além de escrever pauta sem necessidade de instrumento por perto. Apenas pauta e caneta. E ele dizia pra mim: Tienes manos de artista. Ouvir Jazz é como conversar com ele, só faltam as piadas. 536534_10150704859283262_229138201_n

Anúncios

0 Responses to “História Social do Jazz, Eric J. Hobsbawm”



  1. Deixe um comentário

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s




¡Filosofia Soleil!

Just Looking

Sobre sentir... #illustration #ilustracion #ilustracao #fellings #sentir Hoje é o aniversário da minha "vovis" brasileira, obvio q não de sangue mas de todo coração e alma! A pessoa q qdo finalmente saí do hospital, lá nos idos de 1979, foi me buscar junto com mamis e papis. É sempre teve uma paciência pra me aturar e com certeza posso dizer que a pessoa que tem todas minhas artes. Desenhos datados de 1980 e poucos. E hoje ele merecia que eu desenhasse a Nossa Senhora, Santa q ela é devota. Não manjo do paranawue santas, mas espero que ela goste. Todo meu amor por esta tia/vovis do ❤️ está em cada pincelada. #illustration #ilustracion #ilustracao #nossasenhora #santa Esas locas ganas de deslizar por el piano en un día de lluvia... #illustration #ilustracao #ilustracion #piano #music #umbrella #paragua #guardachuvas #jazz rabiscando e andando... #rough #boceto #rabisco #esboços mi yo-lirico #illustration #ilustracao #ilustracion #mounth #boca Colorindo a vida... ilustra q fiz para a @analianmp (retrato dela) #illustration #ilustracion #ilustracao Corazón #ilustracion #illustration #ilustracao #corazon #coração #heart #fridakahlo #ilustracion #illustration #ilustracao Ya viene ella... #ilustracion #ilustracao #illustration #rabisco #rough #boceto #fridakahlo

Twito Logo existo


%d blogueiros gostam disto: