What Happened, Miss Simone?

misssimone2

Eu tinha noção que a vida de Nina Simone não foi fácil. Afinal, todos os jazzista sofreram com o preconceito racial e em sua maioria (só pra não falar 100%) vieram de famílias muito pobres do sul dos EUA. Mas Nina Simone teve uma história dura, e infelizmente, clássica das mulheres da geração dela (não que até hoje isso não aconteça).

A pequena Nina Simone já era um talento gigante no piano. Tão talentosa que duas senhorinhas professoras decidiram ensinar piano clássico a menina. Foi então, que Nina colocou de meta para a vida ser a primeira concertista negra dos EUA. Estudou muito para isso, mas foi rejeitada pelas duas maiores escolas de música: por questões raciais. Só depois de muitas tentativas frustradas, Nina começou a cantar – as escondidas da mãe, uma pastora evangélica – em bares, nos quais começou a cantar jazz.

Nina tinha uma personalidade bem difícil. Não só em cima do palco. Sempre tinha aquele temperamento, que foi uma marca em sua vida. Uma vida, que no documentário, fica bem claro as dificuldades: questões raciais, violência familiar e transtorno bipolar. Mostra como Nina durante alguns anos conseguiu enterrar a carreira. E mostra como uma artista luta por direitos civis! Mesmo contra as gravadoras e a mídia, ela não calou sua luta. E também, vemos uma Nina que queria ser uma mãe presente, uma mulher companheira…só que se transformou. Um marido/agente opressor e violento, que ainda a culpava falando que ela gostava de ser espancada e a agitada agenda foram consumindo a alma desta artista.

O jeito como a filha de Nina fala da mãe e artista é bem interessante. Mesmo com toda a dificuldade de lidar com o temperamento da mãe, ela compreendeu a mãe. O detalhe (isso pra mim) é que Nina Simone, nunca compreendeu Nina Simone, independente do transtorno bipolar. Nina acumulou milhares de frustrações, a principal foi nunca ter tocado Bach no Carnegie Hall, memo tendo se apresentado nesse palco..mas ela queria se apresentar como concertista.

Momento Groupie
Tenho algo em comum com Nina: AMO BACH.

Anúncios

0 Responses to “What Happened, Miss Simone?”



  1. Deixe um comentário

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s




¡Filosofia Soleil!

Just Looking

Houve um erro ao recuperar imagens do Instagram. Uma tentativa será refeita em poucos minutos.

Twito Logo existo


%d blogueiros gostam disto: