Mr. Smith, 17h

10394113_10203504401663540_5670421166920314502_n copy

Em uma casa antiga, em uma sala de jantar empoeirada cheia de fotos e móveis de madeira, existe um velha cristaleira  com o verniz todo gastado e vidros empoeirados. Nela ficam guardadas todas as velhas porcelanas que o senhorzinho, dono da casa, guarda para lembrar de sua amada.

No fundo desta cristaleira há uma xícara com muitas marcas do tempo: trincos, tinta raspada e a orelha quebrada. Uma xícara especial, seu nome é Smith.

Smith dorme profundamente todos os dias, em seu canto na cristaleira. Mas sempre, sempre, pontualmente acorda ansiosamente às 17h. Hora que o senhorzinho pega Smith com muito cuidado, coloca-o em cima de uma mesinha onde o sol do fim da tarde bate iluminando com carinho aquele momento. Smith sente o calor do sol misturado com o quentinho da água que cai sobre ele e libera um delicioso perfume de chá, Lady Gray.

Ah! O aroma de Lady Gray é o momento especial do senhorzinho e da xícara Smith. Momento que se lembram da Lady, senhorinha que por anos tomou seu chá com Smith e o senhorzinho. Os dois sentem o carinho e o cheiro dela todos os dias, pontualmente as 17h.

Anúncios

0 Responses to “Mr. Smith, 17h”



  1. Deixe um comentário

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s




¡Filosofia Soleil!

Just Looking

Houve um erro ao recuperar imagens do Instagram. Uma tentativa será refeita em poucos minutos.

Twito Logo existo


%d blogueiros gostam disto: